A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Tecnologia do Blogger.
ÚLTIMAS POSTAGENS

Por que a moral esquerdista defende o roubo incluindo o LATROCÍNIO, como um estado de direito?

Written By Beraká - o blog da família on segunda-feira, 15 de maio de 2017 | 00:01





Existe apenas um só tipo de pecado nos dez mandamentos, um só. E esse pecado é roubar, os 9 demais são suas variações:


“Quando você mata um homem, está roubando uma vida. Está roubando da esposa o direito de ter um marido, roubando dos filhos um pai. Quando mente, está roubando de alguém o direito de saber a verdade. Quando trapaceia, está roubando o direito à justiça. Quando não se  ama a Deus acima de todas as coisas, está roubando de Deus este direito, e dando indevidamente a outros, ou outras coisas. Não há ato mais infame do que roubar. Um homem que se apropria do que não é seu, seja uma vida ou qualquer outra coisa, é um ladrão...Repudio pessoas assim...” (Do livro: O Caçador de Pipas)


O que é afinal um Reacionário ?

Written By Beraká - o blog da família on domingo, 14 de maio de 2017 | 22:57




Reacionário é todo aquele que reage contra qualquer ação má; assim, a polícia é reacionária contra o crime; o bem é reacionário contra o mau. Os cristãos são reacionários aos contra valores Cristãos. Esta história dos ditos revolucionários de dizer que reacionário é todo aquele que é contra mudanças, é pura balela, pois tanto na antiga URSS como em Cuba e Coréia do Norte, os detentores do poder poderiam então também serem chamados de reacionários (não queriam e não querem mudanças de jeito nenhum),pois pretendem continuar estagnados no regime de opressão, falta de liberdade e miséria que eles mesmos implantaram. Reacionário é, pois, quem "reage", que faz uma "reação" ao que está errado e apela para  volta do bom senso, dos bons valores e bons costumes que construíram nossa sociedade, não deixando-a ser conduzida por aventureiros e baderneiros, portanto, neste sentido, sou reacionário sim, e com muito orgulho !!!

Verdades e mitos sobre a reforma da Previdência

Written By Beraká - o blog da família on segunda-feira, 8 de maio de 2017 | 23:33






Presidentes fortes tiveram medo de reformar a Previdência. Fernando Henrique Cardoso, o domador da hiperinflação, eleito e reeleito no primeiro turno, fez uma reforma leve. Lula o presidente do povo, promotor da grande queda de pobreza do Brasil contemporâneo, apenas começou uma reforma mais leve ainda. Dilma Rousseff, em seu primeiro mandato, a recordista de aprovação popular entre presidente,  limitou-se a concluir o que seu antecessor começara. Eis que Michel Temer , um presidente sem voto próprio, com taxa de aprovação de apenas 14%, e caindo, que em três meses de governo perdeu seis ministros (quatro suspeitos de corrupção e dois suspeitos de impedir corrupção), à frente de um país em crise política e econômica,  resolve encarar a mais importante das reformas do Estado brasileiro. Existem muitos mitos em torno da reforma da Previdência, que hoje atende pelo nome de PEC 287/2016. Seja por conta de interesses de corporações, como os sindicatos do funcionalismo público, que visam a manutenção de privilégios, ou por pura desinformação, a verdade é que o debate anda pautado por meias-verdades, ou mentiras inteiras. Como bem sabe o leitor, é comum, nos dias de hoje, a construção de histórias bonitas, bem completas e detalhadas, mas sem aderência à realidade, a fim de justificar posições ideológicas. Na chamada “era da pós-verdade”, mais vale o feeling, o “eu acho”, do que a realidade concreta. Aqui preferimos os fatos. Acreditamos que o bom debate deve ser pautado em argumentos sólidos, sem falácias ou desonestidades. Como disse certa vez William Deming: “In God we trust, all others must bring data“, do português “Nós confiamos em Deus, todos os outros devem trazer dados”.Quem analisa atentamente a economia brasileira e as contas públicas, não tem dúvidas de que o Brasil precisa de reformas para ter um maior equilíbrio e justiça social. A média de vida do brasileiro aumentou, como também a massa de aposentados a receber os benefícios sociais previdenciários, e por consequência o tempo de permanência na aposentadoria. A reforma portanto, é uma necessidade puramente matemática.Apesar das limitações, os projetos de reforma estão avançando, mas reconheço que há categorias  privilegiadas de trabalhadores, especialmente de servidores públicos, que os que estão fazendo mais pressão.Mas basta olhar a matemática para concluir que o país não tem como atender tantos privilégios. As contas já estouraram e vão piorar no futuro, se não vejamos:O país tem 31,5 milhões de aposentados na área privada, pagos pelo Regime Geral de Previdência, o INSS. Esse grupo custou ao Tesouro Nacional ano passado(2016), cerca de R$ 270 bilhões. No setor público e nas estatais, o Brasil tem apenas em torno de 1,5 milhão de servidores que custaram no mesmo ano R$ 210 bilhões, só um pouco menos do que o outro grupo. No setor privado, 80% ganham menos de R$ 5 mil por mês. No setor público, apenas 8% ganham menos de R$ 5 mil. Com o avanço da medicina, a maioria das pessoas poderá viver até perto de 100 anos. Quem terá recursos para pagar altos salários para uma minoria por mais de 40 anos?Se o setor público gasta muito, e justamente os pobres que tanto os opositores falam em defende-los serão os primeiros prejudicados, pois não terão serviços de saúde e muitos outros serviços. A matemática é exata. Por isso, tudo indica que serão necessárias muitas reformas não só a que está a caminho.A grande verdade é que a discussão da reforma da previdência no Brasil está carregada de verdades e desonestidades. As verdades são matemáticas e as desonestidades, refletem as aberrações do sistema nacional de aposentadorias e pensões. Na matemática, as mudanças exigidas pelo parlamento e os recuos assumidos pelo governo adiaram uma solução mais eficiente e duradoura para os rombos da previdência. A queda de até 30% da economia esperada pela proposta original apresentada pelo governo, já estaria dentro da “margem” admitida pela equipe econômica.Isto quer dizer que o Tesouro Nacional não vai conseguir bancar as aposentadorias em pouco tempo se as concessões ultrapassarem este limite. Tudo em nome da justiça social. Quem sustenta o bordão é exatamente que mais se apropria deste senso de justiça, abocanhando benefícios que chegam a vinte vezes mais do que a média da maioria dos aposentados do país.De novo, a matemática pode explicar o que se entende por justiça social no Brasil - Como disseram os economistas Jose Marcio Camargo e André Gamerman:  “não é surpreendente que em uma sociedade onde 16,3% da população (os aposentados) se apropria de 54% do orçamento e 1% da população (os funcionários públicos ativos e inativos) se apropria de 20,7% do orçamento os gastos com aposentadorias por idoso sejam sete vezes maiores que os gastos por criança e jovens com educação...” disseram.Quem se opõe à reforma da previdência protegendo as aberrações e desafiando a matemática, além de escancarar uma atitude política irresponsável, deve esperar que o Brasil seja escolhido por divindades que nos deem o privilégio de não agregar o sistema de aposentadorias ao envelhecimento da população e ao aumento da longevidade, além de perpetuar os privilégios que exacerbam as desigualdades do país.Portanto,entre a matemática e as aberrações, as verdades e as desonestidades, a máxima impera:“Em sistema previdenciário e social não há almoço grátis, ou seja, alguém tem que pagar a conta.”Qualquer que seja a solução acertada entre o governo e o parlamento para a aprovação de alguma reforma, nós vamos ter que pagar a conta para além dos buracos que já se acumulam. Quanto menor for o alcance das mudanças, mais caro vai nos custar desde já, ou com aumento de impostos ou com queda ainda maior dos investimentos mínimos do setor público. E, pedindo licença às vossas excelências privilegiadas do Poder Judiciário, “fique alerta o País disto”.  


Como deve ser a submissão do Católico ao magistério e autoridade dos bispos diocesanos e conferências episcopais?





Conforme explicou São João Paulo II em Carta Apostólica Apostólica:



“É muito conveniente que, em todo o mundo, os Bispos da mesma nação ou região se reúnam periodicamente em assembleia, para que, da comunicação de pareceres e experiências, e da troca de opiniões, resulte uma santa colaboração de esforços para bem comum das Igrejas”.


“O Espírito Santo vos constituiu Bispos para pastorear a Igreja de Deus, que ele adquiriu com o seu próprio sangue” (At 20, 28).



Quero deixar bem claro que, por ser Católico Apostólico Romano e membro em CONSAGRAÇÃO DEFINITIVA na Comunidade Católica Shalom, dou minha adesão a tudo o que ensina o seu Magistério, nas suas diferentes formas e na proporção da exigência de suas expressões doutrinárias, sem restrições mentais ou subterfúgios. Em matéria de política ou questões sociais, minha posição é a da Doutrina Social da Igreja. Por isso, defendo a subordinação da ordem social à ordem moral estabelecida por Deus, a dignidade da pessoa humana, a busca do bem comum, a atenção especial aos pobres, a rejeição do socialismo e do marxismo, nas suas diferentes formas, o direito de propriedade, o princípio da subsidiariedade e os legítimos direitos humanos, principalmente a defesa da vida desde a concepção até o seu término natural.


Os Santos também xingavam







Xingamento para Católicos com Testosterona



(Advertência: Se você é  cheio de melindres e muito sentimental nem leia este artigo)



"Vamos! Aprontemos-nos para combater os ímpios anomeus. Se eles se indignarem com a designação de ímpios, fujam da impiedade e eu retiro o nome; renunciem aos pensamentos incrédulos e eu desistirei do apelativo injurioso. Se, porém, eles pelas obras profanam a fé e não se escondem, cobertos de vergonha, debaixo da terra, por que se irritam contra nós, que condenamos com palavras o que eles manifestam com ações?" (São João Crisóstomo, Da incomprensibilidade de Deus, Homilia 2. Ed. Paulus, p. 33).


Você sabia que dos mais de 400 bispos que compõe a CNBB apenas 91 demonstram ser CONTRA a Reforma da Previdência ?

Written By Beraká - o blog da família on domingo, 7 de maio de 2017 | 12:52



Pois é, e  justamente os pobres que tanto os opositores falam em defende-los serão os primeiros prejudicados, pois não terão serviços de saúde e muitos outros serviços. A matemática é exata. Por isso, tudo indica que serão necessárias muitas reformas não só a que está a caminho. O Brasil precisa de reformas para ter um maior equilíbrio e justiça social. A média de vida do brasileiro aumentou, como também a massa de aposentados a receber os benefícios sociais previdenciários, e por consequência o tempo de permanência na aposentadoria. A reforma portanto, é uma necessidade puramente matemática.Pertencem à CNBB, pelo próprio direito, todos os Bispos diocesanos do Brasil e os que são a eles equiparados pelo direito, os Bispos coadjutores, os Bispos auxiliares e os outros Bispos titulares que exercem no mesmo território algum encargo especial, confiado pela Sé Apostólica ou pela Conferência dos Bispos. (cf. Cân. 450).Os bispos que atuam na Igreja no Brasil têm origens diversas e formam um quadro muito interessante com o predomínio de paulistas, mineiros, gaúchos e bispos de outras nacionalidades. Para que algo que ela tenha decidido se torne obrigatório a todos os católicos é necessário que todos estes pontos listados baixo sejam observados: 




a) Aconteça uma Assembléia Geral na qual a questão é decidida e não seja a decisão de uma comissão delegada.


b) Haja o consentimento de todos os bispos (não tem nenhum valor a decisão de uma comissão ou de um grupo restrito).


c) Seja redigida uma Ata na qual conste o conteúdo e o consentimento de todos os bispos.


d) Tal Ata seja enviada ao Papa que a aprova ou não.


e) Somente então a decisão passa ter valor de lei.


Não concordar com algumas posições impostas pela CNBB, e onde não existe UNANIMIDADE, isto não significa que não se está em comunhão com a Igreja, apenas que não se concorda com a proposta imposta por uma mera comissão da CNBB, ou de alguns bispos, que é um órgão de reunião de bispos da Igreja do Brasil e não da Igreja Universal.


Idiomas para ver o blog:

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

CATECISMO da ICAR

PESQUISE NA BÍBLIA CATÓLICA

PERGUNTE e RESPONDEREMOS

Acessos

Curta a nossa página!

Postagens mais lidas

COMENTÁRIOS

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger